facebook.com/padariamoderna
twitter.com/padariamoderna
  • Década de 30

    A padaria surge com o mesmo nome que mantém até hoje, porém, na época
    quem administrava era a família Colauti, que posteriormente foi passada para
    Família Andreoni e por fim, em 1958 Seu Argemiro comprou e deu novos rumos a Moderna.

  • Padaria Moderna - 1950

    Em 1958, Seu Argemiro e Dona Nair inauguram a modesta Padaria Moderna.

    A padaria se torna ponto de encontro de trabalhadores rurais que se encontravam antes de ir para o trabalho.

    Os carrinhos de pão eram muito comuns nessa época e rodavam pela cidade vendendo de porta em porta.

  • Padaria Moderna - 1960

    O ex-funcionário Tião passa a assar aves e leitões no forno da padaria e se torna conhecido em toda a cidade.

    Aqui nascem as receitas festivas da Padaria Moderna.

    Na foto: churrasco de final de ano. Ex-funcionários (da esquerda p a direita) em pé: Joaquim, Cido Troi, Rubinho, Silvio e Toninho

    Abaixo: Armando Sampaio, Tião, João, Joel, Luiz, Jaime, Gerson, Claudio e Tião Lamarca.

  • Padaria Moderna - 1970

    A Padaria Moderna passa pela sua primeira reforma e ocupa a esquina entre as ruas 7 de Setembro e 13 de Maio que é apelidada por Seu Argemiro como “esquina da liberdade” já que as datas significam a Independência do Brasil e Libertação dos Escravos respectivamente.

    Iniciam-se os trabalhos de confeitaria.

  • Padaria Moderna - 1980

    O pão torcido ainda é o item da maior tradição da Padaria Moderna. Além dele, as bolachas parafuso, sequilhos e as rosquinhas também ganham destaque e de tão famosos, são produzidos até hoje.

  • Padaria Moderna - 1990

    Ocorre a segunda reforma e com ela a modernização dos equipamentos e ampliação da padaria.

    Sistema informatizado, novos balcões que ganharam uma arrumação caprichada, com boa sinalização dos nomes dos produtos e seus preços.

  • Padaria Moderna - 2000

    Os filhos, Claudeliza e Claisson assumem a administração da empresa; para dar continuidade ao sonho de seus pais.

    Em 2008, a Padaria passa pela terceira reforma. A Moderna conta agora com o dobro da área para atendimento aos clientes em um ambiente aconchegante, elegante e inovador.

  • Padaria Moderna - 2010

    O novo projeto da Padaria Moderna destaca não apenas o aspecto estético, mas principalmente a preocupação com a higiene do local e o bem estar dos frequentadores. É por isso, por exemplo, que todo o prédio é adequado aos portadores de necessidades especiais com rampas de acesso e banheiros adaptados.

    A equipe de funcionários é grande, mas destaca-se a figura do “Zé Rosinha”, o mais antigo membro da equipe, que ganhou um cantinho em sua homenagem – “Cantinho do Zé Rosinha”, famoso pelo delicioso café de coador.