facebook.com/padariamoderna
twitter.com/padariamoderna

Sempre Moderna

padariaA Padaria Moderna não é apenas mais uma padaria na cidade, tão pouco apenas a
maior, a melhor.
Ela é um patrimônio histórico.
Faz parte da história, do crescimento, da evolução de Ibitinga. E como todos
ibitinguenses de minha geração, ela faz parte de minha história, de minhas lembranças.
Ela sempre esteve ali, sempre pintada da mesma cor. Lembro-me dela, pequena, só
um balcão, lembro das charretes com pães entregues em domicílio. Todos os dias, no
mesmo horário, sem atrasos, sem falhas.
Meus avôs sempre compraram pães assim: já encomendados, desde que se casaram,
quando ainda nem era da família Meneguês… e, assim seguiram pela vida toda enquanto
esse serviço existiu.
Na casa dos meus avôs, Rosalvo e Lili, a, chegada dos pães torcidinhos era um grande
momento do dia. O cheiro de café, de pão fresco, a reunião da família. E para as crianças
da minha geração, sem supermercados, sem salgadinhos, biscoitos e bolachas
recheadas, chocolates, guloseimas, o momento lúdico, quase mágico, era quando podia
se escolher o pão doce enrolado, recheado com doce de coco ou a rosca, coberta
com creme. A gente nunca decidia de imediato. Era indispensável aqueles minutos
olhando, pensando, pensando para depois escolher.
Se tivesse visita, podia rolar até uns sequilhos ou biscoitinhos de nata. São cheiros,
sabores que ficaram na memória afetiva.
Certa vez, eu soube o número da ficha de cliente de meu avô era dos dez primeiros.
Primeiros e fiéis. Minha irmã Liliana, quando tinha 3 anos, saiu de casa sozinha, sem
ser vista, e mesmo em tempos tranquilos, sem violência, deixou todos da família preocupados.
Foi encontrada algum tempo depois, na Padaria Moderna, rodeada pela
família Meneguês, comendo doces.
De boba não tinha nada…
O bolo da festa de bodas de ouro dos meus avôs foi feito lá! E no decorrer de todos
esses anos, no decorrer de toda a vida, no decorrer de toda uma história, a Padaria
Moderna foi crescendo, mais ofertas, maior variedade de produtos, aperfeiçoamento
no atendimento.
Para meu marido, que como todo paulistano da gema, padaria é quase um templo,
mais que bar, mais que restaurante, adora!
Aproveita para tomar seu café, fazer seu lanche, com trilha sonora de primeira.
Agora numa reforma total, ela se transforma. Mais que Moderna, agora é arrojada.
Instalações lindas. Confortáveis, bom gosto. A colheita de tudo que foi plantado por
uma vida toda. E prepara-se para o futuro, para marcar sua história na vida dos que
começam agora.
Nova geração. Novos tempos.
Tempos modernos…

Por Picida Ribeiro

 

 

 

 

 

Compartilhe este post